sexta-feira, 21 de agosto de 2009

A origem da Língua Espanhola

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre

Castelhano (castellano) ou espanhol (español) são os nomes atribuídos a uma língua românica originária da Espanha e que hoje é a língua mais falada das Américas. O idioma castelhano tem essa denominação por ser originário da região de Castela, mas também é chamado de "espanhol" por ser a língua oficial da Espanha, o que tem gerado uma grande polêmica por causa dessas diferentes denominações. Junto com o inglês e o português é a língua ocidental que possui mais falantes.
Enquanto na lista mundial de línguas mais faladas figure na segunda, terceira ou quarta posição segundo a fonte consultada (os censos da Índia e América do Sul variam muito segundo o organismo consultado), o que fica claro é que em importância ocupa a segunda posição atrás do Inglês, com quase quatrocentos milhões de falantes nativos.
Embora o castelhano seja uma língua principalmente americana, é falada nos seis "continentes", embora em alguns de forma quase residual:
América é oficial em:
Argentina
Bolívia
Chile
Colômbia
Costa Rica
Cuba
Equador
Espanha
El Salvador
Guatemala
Honduras
México
Nicarágua
Panamá
Paraguai
Peru
Porto Rico
República Dominicana
Uruguai
Venezuela
mas sua presença também é importante no
Belize
Estados Unidos.
África: Canárias, Ceuta, Melilha, Guiné Equatorial. Em 11 de julho de 2001, o espanhol (castelhano) foi declarado uma das línguas oficiais da Organização da Unidade Africana (OUA), junto com o árabe, francês, inglês, português Kiswhili
Europa: é oficial na Espanha e se fala também em Andorra e Gibraltar. Núcleos de imigrantes na Alemanha, França, Itália, República Checa e Suíça. É uma das línguas oficiais da União Européia.
Oceania: Ilha da Páscoa (Chile). Núcleos de imigrantes na Austrália.

*Total de falantes: 390 milhões nativos, 110 milhões segunda língua, 500 milhões total




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário